quinta-feira, 7 de junho de 2007

Pichação


No ano passado, a prefeitura de São Paulo conseguiu aprovar na câmara de vereadores um dos projetos mais polêmicos dos últimos tempos.

Tendo como idealizador a figura do prefeito Gilberto Kassab, a lei cidade limpa gerou posições divergentes dos mais diversos caracteres da população paulistana.


A idéia do prefeito era tirar o excesso de publicidade que encobria a arquitetura da cidade. Mas para tal foi radical, batendo de frente com grandes instituições e proprietários de outdoors pela capital paulista

A legislação em vigor até a aprovação da nova lei era desrespeitada, fruto de uma fiscalização precária, num cenário onde fazer uma publicidade “ilegal” era mais lucrativo a fazê-la dentro da lei.

Apertou-se o cerco com uma fiscalização rigorosa e multas pesadas, muitos luminosos, outdoors e placas passaram a desaparecer de nossa visão.


É certo que isso é bom para algumas regiões da cidade, como o centro. Mas o que acontece nas zonas periféricas é o surgimento da marginalização arquitetônica e a depredação do espaço público e do privado.

Ao final, para o cidadão simples, a lei cidade limpa só serviu para mostrar o quão suja a cidade está. Pichada, por todos os cantos, de todas as formas, insultando-nos, agredindo nossa ordem, nossa arquitetada perfeição com seus traços intangíveis e indecifráveis. Mas no fim, agora é tudo apenas pichação.

A lei cidade limpa serve para vermos o quando imunda está a república, com a falta de apego e senso coletivo que esta sociedade reserva a si mesma. Mais do que qualquer coisa, essa lei serviu como tapa na cara. Agora o que somos está exposto aos nossos olhos, mesmo que continuemos a ignorar.

De Pichações

2 comentários:

Vivi disse...

Oi Pauleta!
Td bem?
Bom... essa eh a primeira vez q visito seu blog, confesso... Mas parabenizo pela iniciativa. Achei o blog interessante, esteticamente limpo, bonito e com pautas bastante relevantes.
Não poderia deixar d fazer um comentario a respeito das "Pichações". A verdade é q não entendi seu ponto d vista. Não sei se vc concorda com a lei, ou discorda. Em momentos como "a lei cidade limpa SÓ serviu para mostrar o quão suja está cidade está", me parece q vc é contra... Em outros como "essa lei serviu como um tapa na cara", parece q vc achu positivo o tapa na medida em q faz as pessoas se tocarem da necessidade da preservação visual da cidade.
Eh isso.
Um bj gde pra vc e bom fim de semana.

Sara disse...

Muito bom o novo espaço!

Estou atarefadíssima ultimamente, aos poucos retomo o prazer das boas leituras...

Vim, li e gostei!

Mais maduro, mais crítico!

Beijos