sexta-feira, 30 de março de 2007

Rapidinha do Metrô

Estava eu no metrô, como costumo, no mesmo vagão de sempre, só que num horário incomum, 2h30 da tarde.

Esse horário foi um tanto inusitado, pois só havia pessoas mais estranhas que a estranheza habitual das pessoas que utilizam o metrô nos meus horários normais.

Havia um conjunto de seis moças sentadas do lado oposto ao meu, cinco meninas e uma bichona. Falavam sobre homens.

Eu ouvia os comentários e me segurava para não rir, de tão bizarro que era. Quando, inesperadamente, uma solta um pérola.
"Homem é que´nem pasto. Você cultiva, aduba e vem uma vaca, come e não deixa nada."
Neste instante tive a certeza que sou uma erva daninha. Já que ninguém cultiva e nem aparece nenhuma vaca... ¬¬

4 comentários:

Andy disse...

HAUAHAHAUAHAUHA... eu gostei da frase da menina. e concordo plenamente.

e ó, super preconceituoso a parte 'uma bichona'. ¬¬'

e vc só deve estar solteiro pq quer, mano. =)

honey disse...

ahh eu tenho cá minha steorias sobre tua falta de adubo, meu querido!

mas que foi engraçado, isso foi

Sara disse...

ô dó..

Ahahahahaha


Quem vê pensa, né? rsrsrsrsrs


Gostei! Divertido!

Beatriz disse...

Cabeção só consigo rir no seu blog não tem jeito!